segunda-feira, 14 de outubro de 2013

All star ♫


Um mero encontro casual trás a tona sentimentos adormecidos com o passar do tempo. Ao observar você vi a pessoa por quem me apaixonei, na verdade, a pessoa que me causou a paixão mais avassaladora que vivi. Os anos e as circunstâncias nos afastaram, mas resta o carinho e encantamento de sempre e por que não dizer o amor? Afinal, dizem que o amor nunca acaba e olhar seus olhos de maneira disfarçada me causa um arrepio na alma. Vejo em você aquele menino especial, aquele ser humano doce e carinhoso e isso me causa saudade. Saudade de nosso tempo, de nosso romance, de nossas horas conversando coisas banais. Sinto falta do abraço sincero e do beijo apaixonado. Quando bate a saudade, vou ao meu relicário, que contém suas cartas de amor e ao olhar aquela letra desengonçada eu sorrio. Um riso que mistura saudade e alegria. Até hoje, mais de dois anos de nosso “fim”, vejo que minha inspiração para escrever ainda está em suas mãos, afinal basta um simples olhar seu ou balançar a cabeça como forma de cumprimentar-me e as palavras já querem saltar de meu interior. Só espero ser lembrada por você da maneira saudosa que és lembrado por mim. Como canta aquele cara Ruivo “estranho seria se eu não me apaixonasse por você”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário