sábado, 3 de agosto de 2013

Trecho de: Perto do coração selvagem


Mas estou cansada, apesar de minha alegria de hoje, alegria que não se sabe de onde vem, como a da manhãzinha de verão. Estou cansada, agora agudamente! Vamos chorar juntos, baixinho. Por ter sofrido e continuar tão docemente. A dor cansada numa lágrima simplificada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário