terça-feira, 9 de julho de 2013


Rabisco-me através das purezas da vida, tais como: sentir além do controle e amar além dos limites. Revogo-me nas calmarias das águas claras. Por dentro dos olhos, onde me umedeço nas retinas e me vejo inteira. Recheada de simplicidade mútua para com todos a minha volta, meu corpo se traveste de luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário