domingo, 24 de março de 2013


Às vezes a vida dispara.
E eu acho bom quando a vida é vivida de verdade, quando não sobra espaço pra nada.
E de repente eu já nem percebo. O dia passou. A noite se foi.
Mas depois eu sempre me deu conta. Foi tudo tão rápido. Mas foi tão bom.
Porque os melhores momentos da vida são mesmo breves.
Mas as lembranças são sempre intensas. Ficam cravadas no coração.

E que bom que a vida corre deixando as passadas marcadas em meu coração. É que volta e meia eu sigo o rastro das lembranças pra tentar (re)viver tudo outra vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário