domingo, 13 de janeiro de 2013


Eu prefiro um amor que aconteça em um período curto, porém verdadeiro; do que um romance extenso, contudo, recheado de ilusões. De expectativas que nunca chegaram a ser. De lágrimas nos olhos. Eu quero a verdade do amor enquanto ele estiver sendo, e não a sua eternidade. A sua tristeza para o resto da vida.

Um comentário: