sábado, 28 de julho de 2012

Minha Mafalda e sua enorme inteligência!


‎" Tente o novo todo dia.
O novo lado
o novo método
o novo sabor
o novo jeito
o novo prazer
o novo amor
a nova vida..."
Momentos de paz comigo e com o mundo, o amor que fazia o peito doer jaz em alguma lembrança distante, os amigos estão mais presentes, e os não-presentes não são amigos. Com o coração renovado, a alma lavada e o sorriso florindo estou vivendo, cada segundo é uma doçura nessa vida. E até mesmo o peso do trabalho faz bem, faz-me crescer, a sinceridade das conversas faz com que a amizade se fortaleza. O bom dá vida é saber enfrentar aquele compromisso inadiável sem se desgastar, é escolher pessoas verdadeiras para compartilhar os momentos, é saber pensar, repensar e aceitar o erro, enfim, é florir pra a alegria e no dia que dentro de nós só existir sombra, fazer com que o sol saia e ilumine.

"Eu acredito que nada acontece por acaso. As pessoas mudam para que você consiga deixá-las para lá. As coisas dão mal para você aprender a apreciá-las quando estão boas. E às vezes, coisas boas se separam para que coisas melhores ainda se juntem"



Agora eu entendo que a poesia não é aquela sedução tosca nascida da insegurança de alguém que, um dia, soube construir uma única metáfora consistente e passou dias embolado na definição de um verso torto que nunca conseguiu desatar. Não é a tentativa de manter uma história irreal que já se sabe, não renderá. Poesia, é esse seu olhar derretido que me dá vontade de dizer: “vem meu amor, vem dormir aqui, no meu melhor abraço.” E entender que nesse momento nada pode ser melhor do que isso.


"Tem dias que chove cinza aqui dentro. Em outros sou purpurina de levezas e quereres. Mas quando acordo sol, não tem tempo que me faça ser sombra."




"Ninguém sabe que coisa quer.
Ninguém conhece que alma tem,
Nem o que é mal nem o que é bem.
(Que ânsia distante perto chora?)
Tudo é incerto e derradeiro.
Tudo é disperso, nada é inteiro."

sábado, 21 de julho de 2012

Uma verdade!


Lamento informar: não estou mais na ponta dos pés, espiando a vida. A minha mais nova versão, enfia a cara e vive. 

"Tudo muda. O tempo inteiro. Os segundos são como aquelas moscas de verão que você tenta, em vão, esmagar com o polegar. Tente pensar no agora! Sinto dizer, ele já é passado, é assim que a coisa funciona. Mesmo que, por uma mágica sincronia britânica de destinos, você se apaixone por alguém apaixonado por você, e ambos se alinhem grudentos na fila do cinema, com as auras cor-de-rosa, o tempo vem e destrói tudo." 





"Em todas as idas e vindas, obscuramente eu sempre sabia: embora tudo mude, nada muda porque tudo permanece aqui dentro, e fala comigo, e me segura no colo quando eu mesma não consigo me sustentar. E depois me solta de novo, para que eu volte a andar pelos meus próprios pés. A vida é mãe nem sempre carinhosa, mas tem uma vara de condão especial: o mistério com que embrulha todas as coisas, e a algumas deixa invisíveis." 

 Nariz arrebitado. Pisando duro. Pensam que vão acabar comigo? Nunca!

(Caio Fernando Abreu in "Cartas")


E amigo é isso: Aquele que a presença conforta 
sem precisar de muito gesto ou dramatização...


"Em seu estado puro, o senso de humor não é negro nem vermelho nem azul mas tem as sete cores do arco-íris numa faixa só."





sábado, 14 de julho de 2012

Eu gosto de olhos que sorriem, de gestos que se desculpam, de toques que sabem conversar e de silêncios que se declaram.




"A vida é muito bonita,
basta um beijo
e a delicada engrenagem movimenta-se,
e uma necessidade cósmica nos protege.”


Sábia Mafalda ♥


Sobretudo, tenho certeza de que Deus está nos detalhes e as coisas simples são as melhores. Taí uma dessas velhas e surradas sabedorias que a gente teima em esquecer.




"Para fluir comigo, a vida pedia que eu soltasse o medo e me entregasse. 
Que dissesse sim. 
Que acreditasse nela. 
Eu não sabia como fazer, mas sentia, entre as contrações, que ela estava fazendo por mim, através de cada experiência que eu atraía para o meu caminho.
Naquele dia, grande, acordei com a sensação de que o tempo era outra coisa. De que a vida era outra coisa. E eu também."






Essa frase me marca *-*


E a receita é uma só: fazer as pazes com você mesmo, diminuir a expectativa e entender que felicidade não é ter. É ser !



domingo, 8 de julho de 2012


O melhor e mais belo da vida está nas coisas mais simples, nas mais singelas. O Inefável está ao nosso alcance, basta olhar com os olhos do coração.




Ao meu lado não tenho muitos, mas os poucos que tenho formam um exército movido pela força da amizade. Pessoas passaram em minha vida, deixaram marcas, levaram minhas marcas, mas hoje, não fazem mais parte dessa vida, não os esqueci, mas me adaptei sem eles. E com o tempo é feita a substituição dos ausentes. Eu, com meu jeito espalhafatoso de ser, necessito dos que estão ao meu lado, mas já sei que não será pra sempre, sei que a vida juntamente com o Senhor Tempo me guarda surpresas, e espero que entre essas surpresas, pessoas verdadeiras sejam dadas para mim, não aguento meios amores, meias amizades, meios sorrisos ou meios abraços, necessito da entrega, do inteiro para me completar.

Ando tão preocupada com este mundo de pessoas "ocasionais". Ando tão triste com gente que só "precisa". Ando aborrecida com a falta de afeto e o exagero de interesse. Não me conformo com pessoas que amam tão rapidamente e esquecem cinco minutos depois. Com gente efusiva demais, que diz coisas sem pensar e depois não pode cumprir. Por gentileza não me falem de amor, seja que espécie for se não tiver intenção de me amar. Por amor, não me ofereça gentileza por momentos, nem amizades passageiras, tampouco amores vulgares. Não me elogie, não me dê afeto, se depois tiver a intenção de se ausentar. Se quiser gostar de mim, que seja de verdade. Ando querendo gente de verdade, porque verdadeira eu sou. Não quero mil, apenas uma meia dúzia já me basta, mas por favor não me ame apenas na segunda feira, ou quando eu estiver de bom humor.


Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.



Aqui jaz um grande poeta. Nada deixou escrito. Este silêncio, acredito, são suas obras completas.


"Demorei mais do que os outros, tive de andar sozinha por muitos trechos, mais foi só porque respeitei meu próprio ritmo que consegui completar meu caminho. Desde então aplico isso a tudo que preciso fazer na vida: respeito o meu tempo"


Eu vou estar - Capital Inicial & Zélia Duncan

E mesmo quando encontrar alguém você ainda vai ver à mim

domingo, 1 de julho de 2012


"- Você sabia, Nô? Algumas estrelas são leves assim como o ar, a gente pode carrega-las numa maleta. Uma bagagem de estrelas. Já pensou no espanto do homem que fosse roubar essa maleta? Ficaria para sempre com as mãos cintilantes, mas tão cintilantes que não poderia mais tirar as luvas."

"Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão."

Deus de vez em quando me tira a poesia. Olho para uma pedra e vejo uma pedra.”



"Há 2 espécies de chatos: os chatos propriamente ditos e ... os amigos, que são os nossos chatos prediletos."




O que eu sou não lhe diz respeito, em parte nenhuma lhe toca. Mas se quiser mesmo saber de mim, experimente não me perguntar.

"Passei o dia com o teu céu
lá fora choveu
em mim fez sol"




Aconselhável vadiar pelas praças, respirar o cheiro de pipoca das esquinas, olhar vitrines, acreditar em Deus, sorrir para desconhecidos... Aconselhável dançar valsa, rock and roll, andar de bicicleta, pular corda, procurar ovnis no céu, alimentar vagabundos...