sábado, 25 de fevereiro de 2012

Há saudades que caminham comigo aconchegadas num lugar gostoso que a memória tem. Sei que estão lá, mesmo quando demoro um bocado de tempo para apreciar as histórias que me contam. São porta-jóias que guardam encantos que não morrem.Caixinhas de música, que, ao serem abertas, derramam melodias que me fazem dançar com elas de novo. São saudades capazes de amenizar o frio de alguns instantes com os seus braços de sol.
Tenho fases, como a Lua; fases de ser sozinha, fases de ser só sua.
Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens.
 
 
Eu estava firme e piadista. Como sempre. Sou sempre firme e piadista. Mas por dentro eu estava morrendo.
Meu mundo,a vida,as coisas.
Os detalhes.
As palavras, os gestos,os verbos:
Carinho.
O dia,a manhã,o amanhã.
O tempo,o minuto:
Sentir.
O estar aqui...
Tudo tem mais sentindo com você.

Tudo com o que eu me importo, ME IMPORTA MUITO. Me suga, me leva, me atrai, se funde com tudo o que sou e me consome. Toda. Por inteiro. Sorte minha me doar tanto - e com tal intensidade - e ainda sair viva dessa vida.
 
"... Só não muda quem não consegue racionalizar sobre o que acontece a sua volta, não se interessa pela condição humana, não é curioso a respeito de si mesmo, não se permite ser atingido pela arte e pelo pensamento filosófico, em suma, só não muda quem está morto."

domingo, 19 de fevereiro de 2012

 
Amores virão depois das paixões, palavras certas sempre virão depois das erradas, a resposta certa virá quando o ato errado foi cometido, televisões novas estragam e garantias são perca de tempo, o telefonema mais esperado irá chegar enquanto estamos tomando banho com o rádio no último volume, as cartas não chegam, nem os e-mails, nem a esperança, as taças caras quebram como os copos de extrato de tomate, analfabetos ganham o país e poemas de Alice Ruiz passam sem aclamação.
 
Você vive hoje uma vida que gostaria de viver por toda a eternidade? Se a resposta for não, então está na hora de mudá-la.
O que estraga a felicidade é o medo.
"...O único silêncio que perturba,
é aquele que fala.
E fala alto.
É quando ninguém bate à nossa porta,
não há emails na caixa de entrada
não há recados na secretária eletrônica
e mesmo assim, você entende a mensagem..."
Tempo de pensar madura e docemente o bom de acontece.
 
Espero que você pense em mim de vez em quando, só para eu não me sentir tão patética por pensar em você o tempo todo.”
 
Crie laços com as pessoas que lhe fazem bem, que lhe parecem verdadeiras. Desfaça os nós que lhe prendem àquelas que foram significativas na sua vida, mas infelizmente, por vontade própria, deixaram de ser. Nó aperta, laço enfeita. Simples assim.”

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Entre o bem e o mal a linha é tênue meu bem
Entre o amor e o ódio a linha é tênue também
Quando o desprezo a gente muito preza
Na vera o que despreza é o que se dá valor
Falta descobrir a qual desses dois lados convém
Sua tremenda energia para tanto desdém
Ou me odeia descaradamente
Ou disfarçadamente me tem amor

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Espatódea - Nando Reis


 Sol do dia
Nuvem branca
Sem sardas

Não sei quanto o mundo é bom
Mas ele está melhor
Desde que você chegou
E explicou o mundo pra mim

"O coração às vezes é contido pelos alaridos interrogados da minha mente, e mesmo que ele queira esquivar - se do que sente , convenço - o de que melhor é viver o que sempre esteve prestes a acontecer. Por que por mais que minhas palavras entornem razão, a emoção que as expulsa é mais forte do que qualquer raciocínio lógico. Fechando os olhos ao sentir tais palavras que me caem com uma luva de pelica, eu aceito. É incabível não viver o que se sente."
E, apesar de todos os pesares,
eu continuo pintando esperança nos meus dias.



Outro dia parei pra pensar nessa tal espera.
Na mente o retrato,
um fato já gasto:
resquícios do que houvera.
Não se arranca uma saudade do peito,
mas depois que ela se aquieta,
se percebe quem realmente vale apena.

Uma linda história de amor com um final trágico.


Todas as vezes que vi esse vídeo, as lágrimas tomaram conta de mim.

Amamos, mas também nos desapegamos e esquecemos. Hoje tive à prova que os sentimentos que eu vinha nutrindo por ti não estão mais por aqui. Isso me deixa muito feliz, saber que não vão mais rolar lágrimas e que as noites sem sono agora fazem parte do pssado. É bom saber que esquecemos e que a dor não mais irá nos perseguir e hoje com o coração brando toco a vida pra frente.

É triste à forma como a vida te mostra quem realmente é aquela tão estimada pessoa. Sempre tentei ajudar ao máximo quem eu amo, mas, muitas vezes não é algo recíproco. A maneira que somos decepcionados fere igual à uma lâmina afiada. E, como depositar a confiança em quem não valoriza você? O mundo vive em constante mudança, se estamos nos sentindo sozinhos hoje, isso não implica dizer que sempre estaremos. Uma coisa é certa afirmar: a única pessoa que irá te acompanhar por toda a vida é você mesma. Sempre devemos estar prontos para as peças que a vida nos prega, e tentar depositar nossa confiança em quem realmente é merecedor.





quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Mais um Anjo no Céu...

Tia Arismar, você não está mais conosco, mas sua memória sempre será lembrada com muito carinho. Obrigada por ter alegrado nossa vida, e guie-nos sempre. SAUDADES ETERNAS!

P.S.: Queridos leitores, venho aqui avisar que me ausentarei do Blog por uns dias, devido à perda de um ente querido. Peço à vocês que me mandem força mentalmentente. E desde já, agradeço pela compreensão.



domingo, 5 de fevereiro de 2012


Sofrimento é privilégio dos que sentem. Mas agora estou pura alegria.
 
 
Não precisa correr tanto, o que é seu às mãos lhe há de vir...

Tão Sozinho - Los Hermanos

Hoje estou tão sozinho
Não sei mas o que fazer
A minha vida se acabou
Você se foi e agora não sei mais
Me diz o que que eu faço por você
Me diz o que que eu tenho que fazer
Pro teu coração
Acho que está faltando um pouco de verdade nesse mundo. 
 
 
Devagarinho, a gente começa a sentir que algo precisa ser feito.
Embora ainda não faça. Embora ainda insista em fazer ouvidos de mercador para a própria consciência. Embora às vezes ainda estresse toda a musculatura da alma, lesione a vida, enrijeça o riso, embace o brilho dos olhos, envenene os rios por onde corre o amor. Por medo da mudança, quando não dá mais para carregar tanto peso, a gente aprende a empurrá-lo, desaprendendo um pouco mais o prazer. Quase nem consegue respirar de tanto esforço, mas aguenta ou pelo menos faz de conta, algumas vezes até com estranho orgulho. Até que chega a hora em que a resistência é vencida. A gente aceita encarar o casulo. A gente deixa a natureza tecer outra história. A gente quer tecer junto.
A gente permite que a borboleta aconteça.
 
Agora me recupero. Fraco fisicamente,
fortíssimo no espírito. (...). Vamos lá, tenho fé.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Luz Dos Olhos - Nando Reis


Ponho os meus olhos em você
Se você está
Dona dos meus olhos é você
Avião no ar
Um dia pra esses olhos sem te ver
É como chão no mar
Liga o rádio à pilha, a TV
Só pra você escutar
A nova música que eu fiz agora
Lá fora a rua vazia chora?



quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Um corpo que se encaixa no meu e uma conversa que me mantém fascinada".




Há dias que a carência aumenta, aquela carência de pessoas, pessoas essas, que eram ativas em sua vida. Hoje não há mais aquele "tudo bem", não sei ao certo o motivo do afastamento, dói, mas ameniza. Não foram brigas que causaram a separação, mas sim, as circunstâncias. Por mais que essa pessoa abra a boca para dizer "você é especial", onde está aquele cuidado, o zelo de antes que havia entre os dois.
A pior parte dessa história é que um se afasta, e o outro corre atrás, porém, não é bem sucedido, e daí nasce o costume de ficar sem essa pessoa. Será que algum filósofo já estudou o "Afastar das pessoas"? Não sei... O que sei é que o mundo gira e as pessoas assim como os sentimentos, estão em constante mudança.



Ahh, vinha testando minha paciência com você e isso já faz um tempo, e hoje eu decido que cansei de correr atrás de uma conversa mil vezes negada por você e seus milhões de motivos. Não vejo dificuldade em dizer:- Não quero falar contigo. Por que ficar enrolando, e dizendo amanhã, amanhã, se esse amanhã não chega? Todas as pessoas cansam de esperar.
Me sinto enfadada de tanto insistir, não está fazendo bem pra mim. E como você vive à fugir de mim, percebo ainda mais que não preciso insistir. Não sem o que me resta fazer em relação ao que vivemos, talvez só guardar aqui no mais fundo do meu ser, pra ver se consigo esquecer. Como nos enganamos com as pessoas, não é? Sempre achei que estava convivendo com um alguém de verdade, uma pessoa da alma, mas, percebo que toda a essência que você me repassava se perdeu em meio às dificuldades, e como isso entristece-me, porém, creio que já fiz minha parte, até já pedi para encontrar sua essência outra vez, mas sua armadura ainda prevalece.