domingo, 2 de setembro de 2012


Conservar algo que possa recordar-te seria admitir que eu pudesse esquecer-te.

Nenhum comentário:

Postar um comentário