domingo, 2 de setembro de 2012



As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário