sábado, 28 de julho de 2012


"Tem dias que chove cinza aqui dentro. Em outros sou purpurina de levezas e quereres. Mas quando acordo sol, não tem tempo que me faça ser sombra."


Nenhum comentário:

Postar um comentário