quarta-feira, 20 de junho de 2012

Não acredito no "pra sempre", nunca me senti á vontade com essa expressão. Creio que tudo acaba que nada é pra sempre, o amor, a amizade, a raiva...  Já ouvi dizer que amor não se pede, e disse tenho certeza, outra certeza que tenho é que a amizade também não se pede, não se deve implorar por sentimentos alheios. Há amizades que viram “coleguismo”, pessoas que antes eram unidas hoje, amanhã podem não mais conversar, ai está o “pra sempre”, a prova que esta pequena frase não é verdade. A vida como ela é, pessoas se vão e outras vem, sobem em patamares antes ocupados por outro alguém. É um mistério incomum a vida, não sabemos o que nos espera amanhã. Não sabemos, na verdade se haverá amanhã. A única certeza que me acompanha é “só sei que nada sei.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário