terça-feira, 5 de junho de 2012

É preciso muito pouco. A alegria está muito próxima. Mora no momento. Perdemos a alegria porque pensamos que ela virá no futuro, depois de algum evento portentoso que mudará a nossa vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário