domingo, 6 de maio de 2012


Eu já deveria ter me curado
da minha ridícula obsessão
pelo amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário