sábado, 24 de março de 2012

‎(...) e pensando nas pessoas que perdi, senão em afeto, pelo menos em proximidade física. De vez em quando choro, é bom chorar, eu não tenho vergonha, mas em todos os momentos existe a certeza de ter feito uma escolha acertada, de estar caminhando em direção à luz.

Caio Fernando Abreu em CARTA a Vera Antoun, no livro Cartas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário