sábado, 25 de fevereiro de 2012

Há saudades que caminham comigo aconchegadas num lugar gostoso que a memória tem. Sei que estão lá, mesmo quando demoro um bocado de tempo para apreciar as histórias que me contam. São porta-jóias que guardam encantos que não morrem.Caixinhas de música, que, ao serem abertas, derramam melodias que me fazem dançar com elas de novo. São saudades capazes de amenizar o frio de alguns instantes com os seus braços de sol.

2 comentários:

  1. Texto super verdadeiro. Sem palavras.
    Adorei (;
    Estou seguindo seu lindo Blog diva, visita e segue o meu se gostar também? *-* Te espero por lá. s2
    Sucesso SEMPRE, beeijão ;*

    Ewerton Lenildo - Academia de Leitura
    papeldeumlivro.blogspot.com
    @Papeldeumlivro

    ResponderExcluir
  2. Também tenho saudades assim... mas tenho também saudades doloridas.

    Ouwn queriiida, desculpa pela demora de retribuir a visita e o carinho, mas é que ultimamente ando correndo contra o tempo. Aaaaah seria um prazer também te ter em meu facebook, só que com aquele link que tu postou pra mim eu não consegui te encontrar. Coloca depois pra mim mesmo como está o teu nome e sobrenome do Perfil. Acho que assim te acho mais rápido.

    Beijos ;*

    ResponderExcluir