quinta-feira, 22 de dezembro de 2011



A cada segundo que passa creio mais ainda que a felicidade está enterrada em nosso peito, e cabe à você ir ou não desenterra-lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário