sábado, 12 de novembro de 2011

Só você me entende 
Só você me enfeita
Só você me deita
Só você me tece
Só você conhece
O que não sei de mim;
Só para ti eu corro
Só para ti eu conto
Só para ti eu peço
Só para ti entrego
Só para ti me revelo
Do começo até o fim;

Nenhum comentário:

Postar um comentário