segunda-feira, 7 de novembro de 2011



O amor existe no calor da iminência, do tato e do contato. A frieza do resto, embora lembre um pouco amor, na real é qualquer bobagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário