quinta-feira, 3 de novembro de 2011



Não deixe que ele seja sua asa, no máximo um motivo para voar. Asas não nascem de novo, 
motivos sim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário