quinta-feira, 13 de outubro de 2011


Vivo de esboços não acabados e vacilantes. Mas equilibro-me como posso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário