domingo, 2 de outubro de 2011

Eu enfrentaria o mundo com uma mão, se você estive segurando a outra!

Você poderia me dar a mão, deitar comigo na grama e assim ficarmos horas e horas a fio fazendo nada juntos, vendo o vento soprar as folhas do chão, ver as flores a florescer na primavera, olhar as formigas trabalharem, ver nascer a primeira estrela do céu e ver a lua com seu imenso encanto transbordar diante de nossos olhos. Você poderia segurar minha mão e me chamar para fugir pro nada!



[Título: Caio Fernando Abreu]

Nenhum comentário:

Postar um comentário