terça-feira, 13 de setembro de 2011



“O curioso é que todo mundo ‘fica’, mas ninguém fica. Só vai, depois de um tempo pré-estabelecido. Período este que não encoraja ninguém a chamar o envolvimento de história. Bem menos de amor.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário