sábado, 10 de setembro de 2011



"Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou,
externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente… E só então a gente poderá amar, de novo."

Um comentário:

  1. E quando dizemos que odiamos, não imaginamos mas estamos tão envolvidos. O certo é desejar que o outro siga sua vida feliz, para então se desprender.
    Beijosmil ;*
    Bom final de semana ^^
    http://o-que-ninguem-ve.blogspot.com/

    ResponderExcluir