terça-feira, 2 de agosto de 2011


Meu coração é totalmente desarmado.
          Se eu amo, amo mesmo.
          Se eu confio, confio mesmo.
Mas, o tempo, o aprendizado que
     vem com as circunstâncias,
têm me ensinado que inocência é coisa
pra andar bem juntinho da sabedoria.
      Meu coração é desarmado,
mas grande parte dos outros não é.

Nenhum comentário:

Postar um comentário