terça-feira, 12 de julho de 2011

Fragmentos do Mestre Caio - Sobre Desapego!

Um dia a gente aprende a conviver com uns... E a sobreviver sem outros.
 -
Não sinto raiva, não sinto nada. Sinto saudade, de vez em quando.
Quando penso que poderia ter sido diferente.
-
Uma dose de AMNÉSIA, e duas de desapego, por favor!!!!
-
Não é triste? perguntou. Você não se sente só? (...) sorriu forte: a gente acostuma
-
Seria apenas mais uma história, se não tivesse tocado a alma. 
-
Você não precisa trazer nada, só você mesmo.
-
 Ou talvez eu só precise de férias, um porre e um novo amor!
-
Apesar de tudo, você ainda é a primeira coisa que penso quando me dizem: faça um pedido.
-
E nessa de cuidar, vou cuidar de mim. De mim, do meu coração.
-
Tenho a impressão de que você só lembra de mim quando os outros esquecem de você.
-
Não foi nada. Deu saudade, só isso.
De repente, me deu tanta saudade... 




Um comentário:

  1. Ah, Caio é simplesmente eterno**
    Adoro demais!!

    Seguindo seu blog!!
    Dá um olhadinha no meu, segue também>> www.flores-na-cabeca.blogspot.com

    Beijoo'o

    ResponderExcluir